Laser na Odontologia: Como esta tecnologia pode ajudar no seu tratamento odontológico?  

23 de setembro de 2019

A aplicação do laser na Odontologia vem se tornando frequente, uma vez que este método, dia após dia, se mostra altamente eficaz em procedimentos estéticos, terapêuticos e cirúrgicos. Entenda como esta tecnologia pode trazer mais conforto para os tratamentos e recuperação mais rápida.

Laser na Odontologia

O laser tem inúmeras aplicações em diversas áreas: indústria, pesquisas laboratoriais, comunicação e saúde. O laser, acrônimo para Light amplification by stimulated emission of radiation – luz amplificada pela emissão estimulada de radiação -, possui diversas aplicações na Odontologia devido aos seus efeitos:

1 – Analgésicos;

2 – Anti-inflamatórios;

3 – Biomodulador das funções dos tecidos.

Essas diversas aplicações se dão pela ação seletiva do laser em diferentes tecidos, com os respectivos comprimentos de onda, mudando as suas características e comportamentos, que trazem uma série de benefícios para os pacientes, como mais conforto no pós-operatório, além de uma recuperação mais rápida.

A era do laser:

Era década de 80 quando o laser conquistou o seu espaço na Odontologia. Em um primeiro momento fora do Brasil, não demorou muito para que alguns cirurgiões-dentistas brasileiros entrassem em contato com a tecnologia. No final dos anos 80 e início da década de 90, foram publicadas algumas pesquisas e artigos nacionais sobre o laser de baixa potência. Desde então, a sua aplicação vem sendo usada como coadjuvante em vários tratamentos na odontologia e na área da saúde como um todo.

Fontes: Efeitos da laserterapia de baixa potência na cicatrização de feridas cutâneas – Effects of low-level laser therapy on wound healing – FABIANA DO SOCORRO DA SILVA DIAS ANDRADE et al.