Odontologia atual: uma fronteira entre saúde e estética

12 de novembro de 2019

Um belo sorriso tem mais poder do que imaginamos: pode transmitir confiança e personalidade. É a sua marca registrada! Então, cuidados especiais com ele são fundamentais e essa atenção não se resume apenas a uma questão de funcionalidade, mas também de estética. Afinal, a Odontologia tem um grande poder transformador. Mas você sabe quais são os tratamentos envolvidos?

O que mais leva as pessoas às clínicas odontológicas estéticas é clareamento dentário e o anseio por dentes mais brancos, um tratamento não invasivo e muito eficiente que remove quimicamente a pigmentação depositada sobre os dentes, deixando-os mais brancos ou menos escurecidos. Atualmente, existem dois tipos de clareamento e ambos devem ser realizados sob supervisão do dentista, são eles o clareamento caseiro e o clareamento em consultório. Somente o profissional é capaz de orientar a concentração segura do produto, a frequência e a forma correta de aplicar.

Além do clareamento, outro procedimento muito procurado são as lentes de contato dentais (muito finas) e as facetas cerâmicas (mais espessas), que alteram a forma, a cor e o tamanho dos dentes, dando um novo visual ao sorriso. São laminados cerâmicos (porcelanas odontológicas) coladas na parte externa dos dentes. 

Outra alternativa da Odontologia estética são as próteses que, além da função, devolvem a beleza dos dentes. Hoje temos diversos tipos de próteses que podem se adequar de acordo com as indicações. Dentre eles, estão as conhecidas “dentaduras” que são as próteses parciais sobre implantes que substituem os grupos de dentes ausentes e as próteses fixas que substituem um ou vários dentes.

A harmonia do sorriso pode ser estabelecida através de procedimentos periodontais (gengivais), a fim de melhorar a proporção dos dentes e a quantidade de gengiva exposta durante o sorriso ou na fala. A gengiva pode  ser recontornada por meio de cirurgias plásticas, além da possibilidade de remoção de pigmentação que influencia a beleza do sorriso: problemas como manchas na gengiva podem ser resolvidos através de procedimentos periodontais.

Alinhar beleza à saúde é o lema da Odontologia atual. Mas para que o tratamento estético e reabilitador seja realizado com sucesso e maestria, os procedimentos devem ser executados por uma equipe de especialistas capacitados que prezam por um planejamento detalhado em bases científicas.

Fonte:

Odontologia estética e qualidade de vida: revisão integrativa

Santos, BEATRIZ Carvalho et al.

Alinhadores dentais: estética e conforto

12 de novembro de 2019

Em 1988, há pouco mais de 30 anos, surgiu – por intermédio da Align Technology – a peça que revolucionou a ortodontia. Os alinhadores invisíveis, desde os testes iniciais, já comprovaram resultados satisfatórios em tratamentos de dentes apinhados e espaçados.

Mas qual a diferença deles para os tradicionais aparelhos metálicos? Os que conhecemos são compostos por bráquetes (metálicos, plásticos ou cerâmicos) aderidos à superfície dentária por meio de material adesivo e por um arco que orientará a reposição dos dentes, classificados em dois tipos: convencionais e autoligados. Apesar de muito efetivos, não oferecem estética e conforto. Então, surge a grande diferença em relação aos alinhadores invisíveis que também são eficientes, porém estéticos e confortáveis. Eles são um sistema que consiste em alinhadores invisíveis e removíveis planejados com o auxílio de computador. São indicados, principalmente, para aqueles que possuem dentes apinhados, dentes muito espaçados, mordida cruzada, sobremordida e prognatismo.

As suas principais vantagens são:

1 – Removíveis: os aparelhos podem ser removidos durante as refeições e para a higienização dos dentes.

2 – Injúrias menores aos tecidos orais: lesões na mucosa da bochecha e língua são comuns nos pacientes que usam o aparelho fixo; no entanto, os   alinhadores permitem um tratamento mais confortável.

3 – Possibilidade de clareamento durante o tratamento.

4 – Higiene facilitada: menor chance de desenvolver cáries e doença periodontal.

5 – Esteticamente mais favoráveis durante o tratamento.

Aos que resistiam ao tratamento ortodôntico, devido à aparência do sorriso ou que tinham medo por conta do desconforto, hoje já não há mais desculpas. Os alinhadores nos presentearam de forma revolucionária, oferecendo os mesmos resultados, mas com conforto, estética e qualidade de vida.

Fonte:

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/06/27/como-funciona-o-alinhador-dental-transparente-ele-e-melhor-que-o-de-metal.htm

https://www.minhavida.com.br/beleza/materias/17825-alinhadores-invisiveis-sao-alternativa-ao-aparelho-ortodontico-tradicional