Cirurgia plástica gengival: cuide da beleza do seu sorriso!

21 de fevereiro de 2020

A plástica gengival é um tratamento que visa às correções de imperfeições nas gengivas, como o recobrimento de raízes dentárias expostas ou a diminuição da quantidade de gengiva notada ao sorrir, principalmente.

O sorriso gengival alto é um problema presente em 30% da população feminina e não passa por despercebido.

A cirurgia é realizada no consultório odontológico, sob anestesia local. Com diferentes indicações, cada qual com a técnica mais apropriada, a fim de satisfazer as suas expectativas.

Quando é recomendada?

Gengivais expostas ao sorrir – sorriso gengival.

Gengiva retraída – exposição de raízes.

Gengiva fina – contorno e espessura desagradáveis.

As técnicas cirúrgicas mais utilizadas são a gengivoplastia e a gengivectomia, sendo que a gengivoplastia é usada para remodelação do tecido gengival ao redor dos dentes. Durante o procedimento, o cirurgião-dentista por meio de um bisturi, remove os excessos gengivais, corrigindo as imperfeições. Já na gengivectomia o procedimento é semelhante ao da gengivoplastia, porém, o objetivo dela é outra. A gengivectomia é realizada para casos em que o crescimento gengival foi desencadeado pelo uso de determinados medicamentos ou inflamações, causados pela gengivite. Além desse fato, a gengivectomia também podem ser realizada não apenas na gengiva, mas também no osso e no ligamento periodontal.

Ambos os procedimentos proporcionam um belo sorriso, pois remodelam a gengiva, deixando uma aparência muito mais harmoniosa.

As técnicas para a realização de cirurgias plásticas na gengiva estão em constante evolução, por exemplo, a aplicação de imagens tomográficas. Um meio valioso para o auxílio das cirurgias, ao aplicá-lo não há necessidade do afastamento total da gengiva, resultando em um pós-operatório mais confortável e com uma melhor previsibilidade de resultado de cicatrização em relação às técnicas convencionais.

A cirurgia gengival não é apenas mais um recurso estético, ela se reflete diretamente na saúde e no bem-estar. Alguns estudos comprovados nos mostram que esse é um dos recursos mais interessante no restabelecimento e na prevenção dos diversos riscos à saúde da gengiva e na perda dentária.